Site de Poesias

Menu

Cláudia Maia

Sou, paraibana, nascida em Catolé do Rocha, onde ainda na infância, tive o meu primeiro contato com a poesia, nas folhas amareladas do caderno da minha avó, onde ela narrava em versos toda a sua vida. Na adolescênca, vim morar em João Pessoa,onde comecei a escrever algumas palavras,que aos poucos foram criando formas e significados. Só depois de muito tempo, resolvi compartilhar essas palavras, que nada mais são, que estilhaços de minha alma.

  • "A mulher não é um texto pronto para ser lido. O homem tem que primeiro traduzi-la para depois interpretá-la."

Poesias de Cláudia Maia

Título Data Com. Vis.
Anjo ou demônio 28/03/2013 1 72
Antigo e eterno 30/07/2010 1 142
A Linguagem do Silêncio 06/12/2009 2 180
Castelo de solidão 01/05/2008 2 405
Absinto 25/01/2008 2 315
Partida 10/12/2007 1 2669
Depois do fim 25/06/2007 1 645
Perdoa-me! 26/07/2006 4 823
Amor ou paixão 29/05/2006 6 2047
Anjo Caído 19/04/2006 2 534
Paradoxos 25/03/2006 2 404
Apenas hoje 01/02/2006 2 882
Ainda esperando 16/01/2006 4 758
Hoje Solidão 12/01/2006 3 3545
Já não tens o meu amor 15/12/2005 1 637
Um Adeus 07/12/2005 5 1717
As Lembranças 11/11/2005 4 1875
Perto demais 04/08/2005 1 513
Grito de dor 01/08/2005 2 780
Ainda não! 28/07/2005 2 421