Site de Poesias

Menu

Insólido

Paulistano, estudante (reticente...) de Direito, alocado no Cariri Cearense, sem muitas pretensões para muitas coisas - inclusive quanto à sua própria poesia - que tantas vezes, parafraseando Nietzsche, já o ajudou a passar mais de uma noite ruim. Busca apenas a troca de idéias e a vontade de ter contato com ilustres poetas desconhecidos.

Poesias de Insólido

Título Data Com. Vis.
Over 19/02/2011 0 28
Poema 06/02/2011 0 32
Carne 14/01/2011 1 52
Aprendi 12/01/2011 1 48
Sono profundo 06/01/2011 0 37
Eu tenho um sentimento 31/12/2010 0 239
Pouco espaço 30/12/2010 1 69