Site de Poesias

Menu

Michel Leal

Homem normal

Posso te pedir tudo o que peço as outras mulheres, um beijo, um cochicho, um abraço, um beijo no umbigo.
Posso dizer que você é linda, que a sua blusa azul combina muito com você. Mas digo isso a todas.
Procuro diferença e destaque, foi o que você me passou, diferente e destacada. Singular e plural, par e ímpar.
Quero te desejar um bom dia diferente, mas alegre, verdadeiro e convincente, uma boa noite repleta de estrelas e poesia, com a harmonia regida pela lua.
Quero te conhecer no engarrafamento ou em uma fila de banco, não no jardim ou no calçadão onde o sorriso é largo e fácil.
Preciso ser o espectador e não o ator, ser a poesia e não o poeta, ser o ouvinte e não o cantor que implora por aplausos.
Preciso pintar seu nome no ar, fazer algo diferente, um filho.
Anseio pelas realizações de meus sonhos, que com cuidado crio-os detalhe por detalhe, uma vez ou outra, todas as noites.
Anseio por uma mulher madura menina, que saiba sorrir e chorar e que não julgue o meu ronco ou o meu pé no sofá.
Espero uma boa-vinda na partida, um seja feliz na tristeza ou uma boa sorte no azar.
Não é difícil saber o que quero, quero o que todos os homens querem, desejo os mesmos desejos, afinal... Sou normal.


Michel Leal

  • "Prefiro tirar a mais boba das dúvidas do que ser um bobo por ter dúvidas"