Marina Seneda

Nascida em Rio Claro no dia 2 de novembro (Finados: dia em que choram pelos mortos, quando chorou para a vida!). Reside atualmente em Campinas a fim de estudar Pedagogia (e se tornar o que cresce quando quer ser!). Escreve quando o sentir finalmente faz sentido (por que quando nada faz sentido ela só pode recorrer à música e esperar...). Espera em Deus acima de todos e Nele se acalma, Nele chora, Nele sorri. Tudo o que possa existir de especial nessa Marina... Vem de Deus! É isso que é Marina: UM SER HUMANO PROCURANDO ALEGRIA NO LUGAR CERTO!

"Há uma escolha que se faz todo dia: amar ou permitir-se esquecer disso..."

Poesias de Marina Seneda

Título Data Com.
Pai: uma previa do Pai 09/08/2015 1
V(ide) 29/01/2013 0
Só isso 10/12/2012 0
Não é sem razão que Te amamos! 01/12/2012 0
Licença Poética 13/08/2012 0
Eu não vou me conformar... 15/07/2012 1
Então não é por acaso... 15/06/2012 0
Status Flor 05/05/2012 1
Ao invés 30/04/2012 0
Livro de Tácito 03/04/2012 2
Quem é Deus? 07/03/2012 0
Como foi, como é, como será... 28/12/2011 1
Sobre ajudas... 20/10/2011 1
Da pluma à pena (ou apenas penas que não valem a pena) 27/09/2011 0
Mas eu estou bem certa! 13/08/2011 1
Aquis 21/03/2011 0
Vorazmente lento 15/02/2011 0
Eis que estaria à porta 06/02/2011 0
Pelo amor de Deus! 28/01/2011 1
Poeminhas Curtos V 24/01/2011 0