Site de Poesias

Menu

Luc Gabriel

Sou apenas mais um Homem comum, que se arrisca a entrelaçar, harmonicamente, palavras que traduzem sentimentos.

  • "(...) Pra poder voltar ao metiê; Michê da palavra, Prostituto da letra, “Sem vergonha” da expressão. (...)"
  • Fale com o Poeta

Poesias de Luc Gabriel

Título Data Com. Vis.
SOLIDÃO 16/06/2008 5 6554
POR ONDE ESCORRE O MEU AMOR 09/02/2008 3 2732
OLHOS PEDANTES 14/08/2007 1 1468
Um trago e um cigarro 02/08/2007 1 2922
LUC GABRIEL 22/06/2007 0 1514
NEVE 29/01/2007 0 1033
PONTIFICADO 10/08/2006 1 637
DUETO 17/07/2006 2 858
SONETO DA CREDULIDADE 08/05/2006 1 776
IRAQUE 09/03/2006 4 1234
POESIA LIBERTÁRIA 20/02/2006 8 3386
SONETO CANSADO 15/12/2005 6 502
A NOVA INQUISIÇÃO 13/12/2005 3 571
TE BATO PORQUE TE AMO! 08/12/2005 6 1009
DESFALECIDA E BELA 21/10/2005 4 1291
ÓCIO IMPRODUTIVO 30/08/2005 1 739
POEMA BLASÉ 12/08/2005 2 809
Circuito. 10/06/2005 1 905
ODE À DEPRESSÃO 29/12/2004 3 1268
Ao Homem Ocidental 15/02/2005 4 762