Site de Poesias

Menu

Juliana Posso

"mistura de menina mulher..
qndo menina.. brinka, pula, nao para no chao
quando mulher.. ama, quase mata de paixao..."

Poesias de Juliana Posso

Título Data Com. Vis.
Nao eh por acaso 04/09/2007 1 226
amor... 31/08/2007 1 133
voce aqui 28/08/2007 1 101
lembranças enterradas 27/08/2007 1 101
sonhos que se vao 27/08/2007 1 106
quem perdeu nao fui eu 27/08/2007 1 105