Site de Poesias

Menu

Diógenes

Bahiano,
Casado. Feliz, Sagrado e Profano. (Profano na alegria, nas brincadeiras, nas "lubueirgens".... sem ferir ninguem, sem cusar estragos). Amigo sincero, e muito querido por todos, Extrovertido. Responsável, trabalhador, perfeccionista, Sério para as coisas sérias. Extremamente carinhoso. Caricioso. Digo sempre, que fui um adulto precoce. Quem viveu os anos 60, 70, 80, 90, nunca esta idoso. Viví as transformações do mundo. A moda, os costumes, a música, as artes. Aprecio desde jovem todos os tipos de arte. Me julgo ser extremamente Feliz.
Bem sobre o amor... Cheguei a conclusão que, ninguem sabe verdadeiramente o que seja o amor. O amor, nos leva a alegrias e a tristezas ao mesmo tempo. Depende. O amor é algo gostoso, compreensivel e aceitável. O amor também pode ser algo impossível, algo incompreendido e inaceitável. O amor nos faz sorrir ou chorar. Este choro poderá ser de alegria , quando o coração esta feliz, ou tristeza quando o coração sofre. Eu adoro cborar... vem dele, do meu coração. as lágrimas refletem meus sentimentos.

SOBRE A POESIA ACIMA, ADOREI. APRENDI A VIVER AQUILO QUE ESTOU LENDO. OS QUE PODERÃO CRITICAR, NÃO TEM AMOR, NÃO TEM CORAÇÃO, ENXERGAM E NADA ESTÃO VENDO.
NÃO HA POESIA FEIA, HÁ SEMPRE SENTIMENTOS QUE SÃO LINDAS POESIAS.
ADORARIA DIVULGAR AQUI ALGUMAS COISAS QUE JÁ ESCREVI...
COMO CONSEGUIREI?
DIÓGENES
Ah! O amor...