Site de Poesias

Menu

Valdir Pinto

Brasileiro, natural de Bento Gonçalves, RS Alto da Serra Gaúcha. Capital brasileira do Vinho. Profissional da Área da Saúde. Nascido aos 28 de Abril de 1961. As 14:00 hs do signo de Touro. Taurino por nascimento e por convicção. Descendente de um dos 1º Poetas que o Brasil já teve que foi Bento Teixeira Pinto. O pai de Valdir Pinto foi: Guimarães Barbosa Pinto e seu avô Paterno foi: Manoel João Teixeira Pinto. Herdou a sanguinidade Poética de seu ancestral. Valdir Pinto teve uma Infância muito difícil, sempre foi diferente dos seus outros 11 irmãos! Desde à infancia despertou o dom para à Poesias, Composições, Canto e Artes Plásticas! Seu Pai Guimarães Barbosa Pinto, foi um Pai muito zeloso para com o futuro Poeta! Cercava-o de cuidados, não deixando ninguém aproximar-se dele! Dava-lhe Crédito para comprar roupas novas nas Lojas Renner! O que despertava a inveja dos seus irmãos que espancavam-os de tanta inveja! Valdir Pinto fez o Serviço Mitlitar em Bento Gonçalves, RS. No bairro: São Roque! No mesmo local onde nesceu!

Só que o Quartel já era outro! Era o 6º Batalhão de Comunicações Divisionário! Tentou Carreira Militar, engajou por um ano e seis meses, fez curso para cabo! Mas acabou desistindo da Carreira Militar, por degosto pr haver perdido o seu Pai quando ainda fazia o Serviço Militar em 1981! Viveu por 10 anos com sua Mãe: Joanna de Saibro Pinto no Vale do Taquari! Em Roca Sales, RS. Tentou reestruturar a família após o falecimento do seu Pai! Seus irmãos perseguiram-no a ponto de abandonar a convivência com sua saudosa Mãe! e Partiu para Ibitinga no interior de São Paulo! Trabalhou como Churrasqueiro na Churrascaria Estrela do Sul! De Hílário Gianesini! Em 1990! Peregrinou pelo interio de São Paulo, até chegar em Itatiba onde trabalhou na Fazenda, Chapeu de Sol! Colhendo Café! Depois de oito meses mudou para Itatiba onde morou em um depósito de Materiais para constução, tomando conta para a família Moda de Jundiaí! Cursou Auxiliar de Enfermagem no Colégio Antonio Dutra e Pela Santa Casa de Misericórdia de Itatiba! Foi um Aluno Exemplar! Chegando a ganhar nota 10 por cuidar de um paciente terminal CA no estágio na Santa Casa de Itatiba! De sua Professora e Psicóloga Magali! Seu inferno Astral e Cármico Começou em 1995, quando foi começar a carreira em Jundiaí, SP. Logo que começou à trabalhar no Hospital Domingos Anastácio foi, alvo de motejos e inveja por seus ex colegas que não eram Auxiliares de Enfermagem, mas sim atendentes de enfermagem. Apaixonou-se por uma Auxiliar de Enfermagem Carioca: Maria dos Anjos Marçal. Foi alvo de uma injuria de uma calúnia, logo no início do começo de carreira como Profissional, que chegou a Denegrir sua IMAGEM PROFISSIONAL! Logo após dois meses recebe um telegrama informando que sua mãe: Joanna de Saibro Pinto, estava passando mal às portas da Morte! Deseperado não tinha mais dinheiro nem ninguém, para apoia-lo, recorreu à um Pai de Santo: Sr. Alfredo que o Acolheu e viveu no centro por aproximadamente 10 meses. Migrou para São Paulo Capital com um desejo! VENCER À QUALQUER CUSTO! Suportou humilhações, nos albergues da Prefeitura Municipal de São Paulo, SP. Uma Istituição que não sai da memória do Poeta é o Arsenal da Esperança na Rua Dr. Almeida Lima nº 900 na Mooca! Onde recebeu tratamento digno como ser Humano que influenciou muito sua vida! Conviveu com o Povo de Rua onde selecionou Amigos, que não não esquece jamais! Sendo que um Amigo, que mais gostou foi um de Itapeva! A.L. S. O Poeta passou por várias correntes Religiosas, sendo que a que mais lhe Influenciou, foi o Budismo de Nitiren Daishonin, onde fez Muitas Amizades Sólidas, práticamente Indestrutíveis! No Amor o Poeta é insáciavel, não suporta apenas cinco minutos, mas tiver com o Poeta cinco minutos, ele transformará em uma hora e uma hora em uma noite, e uma noite inteira uma Eternidade de Prazer! Quanto aos sentimentos nem se fala: brincar com os sentimentos do poeta, é ouvir um adeus, mas isso irá rende-lo uns versos de adeus! Quando o Poeta se Apaixona ele dedica à pessoa amada os mais belos poemas de amor.

O poeta mesmo com o sentimento ferido, tem a capacidade de perdoar! O Poeta é muito Excêntrico!

Poesias de Valdir Pinto

Título Data Com. Vis.
O DIA DE RAGNAROCK! 03/01/2012 0 70
ME BEIJA ME ENCANTA! 27/12/2011 0 115
PRINCESA NOTURNA! 18/09/2010 0 106
ROSAS DE PRIMAVERA! 20/07/2010 0 114
CLEMÊNCIA! 02/03/2010 0 133
A DESTRUIÇÃO DA CIDADE IMPENITENTE! 25/02/2010 0 92
PENSAMENTOS DESEJOS E ALUCINAÇÃO! 11/01/2010 0 141
HODE À SIBILLA PRINCESA ESTELAR DE ANTARES! 09/09/2009 0 136
SARAVÁ PAI OXOSSI! 24/04/2008 0 399
A MULHER VINGADORA! 21/02/2008 2 321
SONHOS DE REALIDADE! 20/01/2008 2 363
PROFECIA SOBRE IURANCHA! 19/01/2008 2 518
A DESONRA DOS SENADORES BRASILEIROS! 10/01/2008 0 378
CANDEIA CÓSMICA! 30/10/2007 0 195
AMOR PROFANO! 29/09/2007 0 286
O BOM VELHINHO! 30/08/2007 2 299
VISÃO DE FUTURO BRASIL! 27/08/2007 0 267
DESCONJURAÇÃO! 27/08/2007 0 235
DO OUTRO LADO DA PONTE! 18/08/2007 1 276
LAVA LAVA SECA ENXUGA BRASIL 04/07/2007 0 379