Site de Poesias

Menu

NO MEU SERTÃO

No meu sertão...

Quando o sol queima o graveto

A seriema ... Canta chorando

Chorando canta... Assum preto.

No meu sertão...

Quando a lua cheia... Enche o céu

Bacural... Canta a beira da estrada

A beira da estrada canta... A Cascável.

No meu sertão...

Quando não chove na planta

A cigarra... Canta morrendo

Morrendo a cigarra... Canta.

Compartilhar
Carlos Cintra
01/03/2014

  • 1 comentário
  • 75 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados