Site de Poesias

Menu

Belo dia sem ninguém

 ''O CARA PELO O TREM DA MEIA NOITE ,ESQUECE OS DOCUMENTOS NA BALADA SE DA BEM,PEDE UM VINHO DE 100 EUROS SÓ PRA QUEM TEM,UMA GATA DESCOLADA ELE CHAMA PRA DANÇAR ELE DE MÃO BOBA LEVA CHUTE NO CALCANHAR,ELE BEM SEM GRAÇA PEDE WHISK PRA DISFARÇAR,O CARA É METIDO E ESQUECEU DE LER ,SEM NOME NA LISTA INTRUSO NUM PODE BEBER,ELE FOI SAINDO BEM SEM GRAÇA E DE FININHO,QUATRO SEGURANÇAS E UM CHUTE NO COFRINHO ELEVADOR DESCENDO ELE NUM SABE AONDE IR SE VOLTAR PARA CASA A MULHER VAI XAROPAR ELE FICA DE VENETA E VOLTA LÁ PRA O SALÃO SEU NOME TAVA NA LISTA MÁS ERA SEU DIA DE GARÇOM''..

Compartilhar
fidel angelos
15/01/2014