Amor perdido

Amor perdido
 
 
Não penso mais no teu amor perdido
Nem nos dissabores que dele emanaram
Amor, pensar em ti, não faz sentido
Quando os sentimentos de amor secaram
 
Hoje, amargo a dura e triste saudade
Suspira minha alma aliviada
Ao penhor de tua antiga amizade
Que, pensei ser eterna namorada
 
Dilui meu coração na formosura
Sempre na esperança de ter o teu carinho
Fatigado, nunca encontrei a ternura
 
Mudei o rumo, troquei o caminho,
Foi um sonho lívido, sonho mirrado
Finalmente, a trégua... Estou sozinho !
 
Porangaba, 12/01/2014
Armando A. C. Garcia
 
Visite meu blog:
brisadapoesia.blogspot.com

 
 

ARMANDO A. C. GARCIA
© Todos os direitos reservados