Adeus...

Agora....estrada afora...Indo embora...
Tarda a hora., o silêncio me devora...
Quem chora? Quem se demora,
Implora...Aqui dentro me apavora
Deixar-te senhora...
Adeus....
Os olhos fitos, bonitos...
Os murmúrios ditos....
Os gritos....A porta aberta
Adeus....

Carlos Cintra
© Todos os direitos reservados