Site de Poesias

Menu

Celebridade é artista, artista que não faz parte, nem arte só late

 Em quem acreditar se há muito o que falar
A compreensão não está longe só depende de como vemos o horizonte
Acreditar neles que estão do outro lado do vidro
Ou no próximo de que te deu um ombro amigo?
 
Eis a questão, eis a indagação
No fim rimar é a coisa mais fácil, tão fácil 
que se torna mágico
Todos querem a matéria do dinheiro 
mas esquecem do cheiro dos campos e os orvalhos que viram
nesse momento sei que sorriram.
 
Um nova geração cresce e todos fortes
Por favor, não os deixe assistir Big Brother.
Queremos futuros pensadores
Chega de circo de horrores
Vamos fazer mais amores
 

Compartilhar
Jefferson Neves Saucedo
04/01/2014