Site de Poesias

Menu

“SANTO ANTONIO, OU...”

[Ilustração não carregada]

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Valha-me meu Santo Antonio casamenteiro,
 
 
Uma namorada,
 
 
Se não puderes me atender,
 
 
Já que és o escolhido,
 
 
Veja qual santo que possa me atender primeiro,
 
 
Pois muito necessito de uma companheira,
 
 
Não para mês,
 
 
É para vida inteira,
 
 
Muito preciso,
 
 
A escolhida já à tenho,
 
 
És a Maria,
 
 
A filha do padeiro,
 
 
Mas se não der,
 
 
Pode ser Joana,
 
 
A filha do coveiro,
 
 
Mas se não der mesmo,
 
 
A que aparecer primeiro,
 
 
Joana a caolha,
 
 
Esmeralda a magricela,
 
 
Que são todas para mim,
 
 
Do jeito que estou,
 
 
Umas donzelas.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Compartilhar

Obrigado pela visita, deixe seu comentário, e muito importante para o poeta, volte sempre.


Foto pega pela internet, obrigado quem a postou.

Osvaldo Zorzetto
02/01/2014