Site de Poesias

Menu

Passando o tempo

Sinto-me um louco, apaixonado, sinto-me um louco desvairado, sinto que você faz parte de mim...e que nunca neste mundo posso deixa-la ir...Pelo menos aqui dentro de mim!
 
Não sei por que amo você, só sei que a minha mente se recusa a te esquecer...e os meus sentimentos falam mais alto dentro do meu peito, repartindo um lado com a solidão, e a saudades faz doer um coração que bate falando o seu nome...
 
Eu sei que fiz tudo errado, e mesmo que ache que sou um louco desvairado, mas te amo do fundo do meu peito...e meu peito...doí
 
doí, doí, doí...
 
por não ter você aqui, pertinho de mim. Só o tempo dirá por que isso tem que acontecer assim....
 
no meu peito, bate uma saudade, parece até maldade, mas culpa, você não tem nenhuma...pois você me amou com tudo o que pode e com toda a intensidade, do brilhos das estrelas do amarelo ofuscante do por do sol e do por do sol ao azul do mar...você me amou como jamais ninguém pode amar...
 
 
 
E me conquistou de jeito que jamais alguém pode me conquistar...
 
Mas penso que o tempo é um dos grandes vilões desta vida, ao mesmo tempo que é um dos grandes heróis, que machuca, que engana e que nos faz ter feridas, tão profundas que não se pode curar. A menos que você esteja aqui, nos meus braços sim, me amando assim...creio que você é tudo pra mim...

 
 
Esquecerei desta vida indo para o além, ou amarei você o tempo todo, mesmo que o meu coração doa, doa, até que morra...mas morrerei pensando em você aqui...não pertinho de mim, mas sim dentro por dentro de mim!!!!
 
 
 
Bruno Henrique
 
 
 


 

 

Compartilhar
Bruno
02/01/2014