Site de Poesias

Menu

VÃ PASSAGEM

 NO DESERTO DA MINHA VIDA ME DESESPERO

GRITO ALTO,  DESNUDO MINHA ALMA, E EM PETIÇÕES POR UMA LUZ ESPERO.

O QUERER INTENSO E DISTANTE, EMPOBRECE MEU ESPÍRITO INAUDITO

SINGELO E DESCOMPLICADO PORÉM AQUÉM DO MEU SER MALDITO.

OUTRORA TIVE DESEJOS PORÉM POR MINHAS MÃOS NÃO FORAM ALCANÇADOS.

COMO UM ABORTO INTERROMPIDO ASSIM FOI MINHA TRAJETÓRIA

OCA, SEM RITMO,SEM HISTÓRIA.

SE OS OLHOS CERRAREM HOJE, PLENA LOUCURA

DO ADEUS RESTARÁ APENAS AMARGURA.

O PERFEITO E  SUBLIME  PLANO DA CRIAÇÃO

É FATO, JAMAIS CONSEGUIU ATINGIR MEU CORAÇÃO.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar

04/12/2013

  • 0 comentários
  • 119 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados