Atenção

Os comentários aqui registrados não representam a opinião da equipe do Site de Poesias, nem mesmo recebem o seu aval. A responsabilidade pelo conteúdo dos comentários é inteiramente do autor dos mesmos. Ao poeta é reservado o direito de remover os comentários de seus poemas, quando achar por bem fazê-lo.

Gostaria de deixar seu comentário?

Madalena

Madalena

Linda poesia

Madalena

Luiz Estevão

Luiz Estevão

A gente nunca vai entender a LOGICA pra determinadas situações que acontecem em nossa vida. muita coisa muda num dia, numa hora, imagina em um ano, dois ou três. Um emaranhado de mensagens que um histórico de conversação virtual guarda e preserva cada virgula, e tantas palavras mal escrita.
Volta e meia uma parte de mim que respira por aparelhos, sente a necessidade de se alimentar de uma especie de elemento cancerígeno. Então essa parte de mim, tem a ilusão de que se fortalece a partir desse elemento, mas não percebe o quanto isso deteriora a minha outra parte que está sadia. E como me deixa veraneável, fraco.
Falo de uma parte de mim que vive num anexo obscuro do meu coração,
aquela parte que guarda o som de uma voz, o brilho de um olhar, que guarda um nome e um numero de telefone. Uma parte de pouca vitalidade, que ameaça todos os dias se desprender de mim e sumir eternamente, mas de temporada em temporada, ela tem o poder de se regenerar corrompendo a lembrança oculta que guarda muito mais do que ela precisa. Uma historia e uma sequencia de outras imagens e detalhes são fornecidas de forma involuntária.
Ah como dói toda vez que essa minha parte enferma resolve se regenerar, revela o quanto sou fraco para sustentar determinadas lembranças. E la vou eu.... Buscar em algum lugar, qualquer fato novo que me faça sentir estar de volta anos atras, pra me afogar na saudade, e transbordar em lagrimas tentando entender pela milionésima vez onde está o meu erro nessa historia.
E como isso tem o poder de abalar toda fortaleza que criei em volta do meu coração. Aponta diretamente o único ponto fraco capaz de me fazer cair.
Dizem que o tempo cura todas as coisas, não creio nessa baboseira. Nós somos capazes de não lembrar, isso não significa esquecer, muito menos cicatrizar. Creio que nos acostumemos com determinadas ausências com o passar do tempo, mas sempre existe um momento, uma frase ou uma ação que faz com que aquele turbilhão de saudade que escondemos debaixo do tapete de "BOAS VINDAS" do nosso coração volte à tona, com a sensação de que tudo aconteceu ONTEM, e HOJE você PERCEBEU que DETERMINADA HISTORIA foi interrompida de uma forma sem sentido. E que DETERMINADA PESSOA optou por sair, ou foi removida da sua vida de uma maneira que jamais teremos argumentos para justificar.
Nesse momento o tal VAZIO ou a CICATRIZ que tanto dizem que o tal TEMPO VAI CURAR, continua ali, e a gente ainda nota que Dói.

Jefferson Moura - Saudade 30/06/14