Site de Poesias

Menu

100 só

[Ilustração não carregada]

Curvas turvas
Girando no ar
Escrevo sem tempo
Com medo
De respirar
A dor tá no peito
No leito
Do deleito
Chorei só num canto
A cor do seu pranto
E choro no ombro
De quem dê
Pra tocar
Liberto da veia
O sangue sem dó
E alcanço uma nota
Sem sol
Cem

Compartilhar
Tayh Melo
07/11/2013