Site de Poesias

Menu

lagrimas de desilusão

Só queria poder te ter
Poder me doar a você
Até pensei que isso aconteceu
Acordar ao lado de tua cama
No breu da noite
Tão colado no teu corpo
Já não éramos mas dois
E sim uma só pessoa
Derrepente a noite se desfez na madrugada
Enquanto admirava teu sono!
Perséfone carregou-me ao seu mundo de sonhos
Adormeci junto a ti
Me acordei sem teus abraços
O sol me despertou para uma hora tão amarga
Depois de uma noite tão cálida
Só me restava a lembrança de tua boca
Doce e salgada

Você me deixou sem palavras
Nem cartas
Um sentimento assim não se acaba
Sempre deixa marcas entranhadas
Em nossas almas mal amadas
Que mera iluzão!
Pensar que ao meu lado ficarias
Para enfrentares os abismos que nos cercam
Mas você partiu
Não sei se por medo
Ou por mente fria
Me abandona-se no melhor de nossos sonhos
Lembra-te apenas que se um dia me perguntares
Sobre o quanto estive a chorar
Será enquanto um sopro de vida me restar

Compartilhar
eri torres
05/02/2006