Site de Poesias

Menu

CHÁCARA VITÓRIA MARIA

Na varanda desta chácara bela / Vivenciando um novo amanhecer / Vejo pássaros cantar na janela / Sinto novamente a vida renascer.

Vejo o gado mungindo contente / O riacho banhando todo o chão / Um galo cantando indiferente / Ao relinchar do cavalo alazão.

O sol vem chegando lentamente / Soberano, ousado e abrasador / Aquescendo a relva que sente / O orvalho da noite anterior.

Chácara Vitória Maria é pureza / É simbolo da paz, é só alegria / É o céu num gesto de nobreza / É o lar de Procópio e Jarilda Maria.

Compartilhar
Haroldo Guilherme Josuá de Medeiros
10/09/2013

  • 1 comentário
  • 221 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados