Site de Poesias

Menu

A VOCÊ

Meu pensamento busca a tua meiga imagem / Tão distante do convivio do meu lar / Encontra um vulto sem forma e sem bagagem / Passeando num jardim de beleza sem par.

Um sorriso transparece no meu rosto / uma sensação de paz invade o meu ser / Misturando a saudade que traz desgosto/ Com a certeza que esse vulto é você.

Você que assistiu ao meu primeiro passo / Você que foi o símbolo de amor e união / Que em toda hora me acolheu num abraço / Que nunca deixou de me estender a mão.

Você que partiu e me deixou imerso / Relembrando tua suave meiguice / Você que me inspirou para esse verso / Minha querida e amada vovó Alice.

 

 

 

Compartilhar
Haroldo Guilherme Josuá de Medeiros
10/09/2013

  • 0 comentários
  • 173 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados