Site de Poesias

Menu

LIBERDADE E JUSTIÇA

Salve Augusta Loja Maçônica / Oriental, singela e aguerrida / Teus bravos obreiros te amam / Oh! respeitável Loja querida.

Herdas do esquadro a retidão / Levantando templos à virtude / Doprumo, equilibrio e perfeição / Apesar de toda a sua juventude.

És a liberdade tão sonhada / Por homens de bons costumes / És justiça na tua caminhada / És a mãe ao ouvir queixumes.

E por isso o Grande Arquiteto / Lá do alto está te iluminando / Nestes vinte e hum anos de vida / Nos quais estás caminhando.

 

Compartilhar
Haroldo Guilherme Josuá de Medeiros
10/09/2013

  • 0 comentários
  • 166 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados