Site de Poesias

Menu

Ao meus amigos André e Kelly, por ocasião de seu casamento

 Dizem que o amor anda meio velho, ultrapassado
Mais acho isto tanto quanto mais feio escárnio 
Pois não mostra mais duradouro e contínuo laço
Estes 13 anos de união que amor há testemunhado
 
Testemunha de suas batalhas desses dois juntos
Desde o SENAC, que Deus nos valha de tão agudo
Aprumo! venceram a tudo que ameaçava os cursos
de suas tão belas vidas que agora confluem uno
 
Poucas gentes encontram bem assim insuperável
Um ser feito há tantas eras de valor inestimável
Tu, companheira em tantas eleita pelo seu amável
E tu, fiel alegria da esposa querida e dedicável
 
Vivam suas jovens vidas, meus amigos, vivam
Sejam felizes, este é o aviso, os anos pisam
Breves existências se aqui na Terra não ficam
Vestígios de nossa passagem vivida que não voltarão   
 
                                                                                                 Planaltina, 2013.

Compartilhar
eduardo viveiros de sousa
22/08/2013