Site de Poesias

Menu

Promessas de Amor

[Ilustração não carregada]

No princípio

compartilharão sonhos e ideais,

criando um sonhar 

e um idealizar conjunto,

objetivos reunidos.

Sonharão  e idealizarão juntos.

Dois corações passarão 

a ter uma vontade comum. 

O ardente querer,

a realização da vontade 

pulsando num mesmo ritmo.

Imaginação sem fronteiras. 

E na gênese, 

a origem. No passado 

estará a linha do destino futuro.

Idealiza-se o tão esperado encontro.

Ansiedade, o tempo parece moleque 

brincando com seus segundos.

E o sonho se faz real.

Talvez um suave sol de outono

num jardim ornado de flores

só vistas nos dias de primavera.

Num aconchego dos 

que fogem do frio do inverno,

saboreando as tenras 

e opulentas frutas 

como só existem nos

dias de verão.

Os corações serão felizes,

ocultos de todos, 

mas compartilhando 

suas intimidades.

Serão amantes, 

serão fraternos, 

serão alimento 

a saciar um ao outro.

Continuarão indivíduos, 

mas ficarão tão juntos 

que, ao olhar,

parecerão apenas um.

 

Compartilhar

10/08/2013