Site de Poesias

Menu

Poema

[Ilustração não carregada]


Quisera poder brincar
Nessa tua meninice
 E te amar versa-vice
e  vice-versa  te amar
  
Quisera poder falar
Num  verso, assim com  meiguice
Dizendo o mais que eu não disse
E, mais e mais,  provocar.
 
 E eu que, assim de repente,
 te amando de trás pra frente,
eu me  tornei tão perverso,
   
que, sem pudor, nem problema,
Te transformei num poema,

E te escrevi frente e verso.

 

Compartilhar
BRUNO
25/07/2013

  • 11 comentários
  • 285 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados