Site de Poesias

Menu

Adeus

 Eu acordei e fui até a cozinha.

Havia um bilhete grudado na porta da geladeira.

Uma única palavra: Adeus.

Um adeus de quem nunca vi

Nem conheci, nunca olhei.

Tomei o leite puro e frio

Frio como eu

Até ler esse adeus.

Compartilhar
Pedro Martins Passarelli Manso
17/07/2013