Cidade sol

Cidade sol

O tempo passa e a sorte fica o vento varre aquela folha escrita...ligo o rádio desligo o celular lembro de ti começo a pensar ...a saudade aperta não da pra negar vou voando ao som de uma canção...desatento enxergo uma contramão....finjo falo não da pra esquecer de quadrado em quadrado vou correndo assim.... amanheceu quando é que o galo canta ,penso calado esta historia me encanta....

cidade sol

Bahia

fidel angelos
© Todos os direitos reservados