Site de Poesias

Menu

louca paixão

Num buraco vazio
Escuto uma voz
Um grito estridente
Não conheço a origem
Me aproximo e não vejo tal coisa
O que solta este ruído?
Deixa-me em louco

Um vazio toma conta de minha mim
Essa melodia esquisita
Se aproximou de meu intimo
E apenas vejo a sombra
E seus lábios nada movem
Que loucura que coisa acontece
Com tal ser

Escuto uma voz
Me suplicando ;
Socorro, socorro
Não me preocupo!
Então meus pés gelam
Ao ver tal sentimento
Apenas vejo louco e doido
Apaixonado querendo voltar
Para o manicómio
Porque o tiraram de lá

Para esquecer essa paixão
Que ele tem por esse lugar
Essa louca paixão esqueçam
Não adianta separar
Pois sempre voltará

Compartilhar
eri torres
19/01/2006