Site de Poesias

Menu

Orgulho

[Ilustração não carregada]


 

Por muitos anos as vozes se calaram
A vida tornou-se inércia,
Nada mais parecia acontecer...
Até um dia em que o leão dentro do peito rugiu,
A solidão de cada pensamento se uniu em multidões
As palavras antes reprimidas soaram aos gritos, 
A face dos rostos do povo ganhou cores: 
Verde e amarelo! Bandeiras ao vento! 
A nação caiu ao chão para começar a se reerguer, 
 A marchar e lutar por tantas mudanças,
Tenho orgulho de fazer parte destes brasileiros!

 

Compartilhar

Eu acredito!

Marcella Barbosa
25/06/2013