Janelas

A mesma janela
Que nos abre para a vida
É aquela que nos fecha e impõe.

A mesma janela
Que nos protege
É aquela que nos despe e expõe.

A imagem da tela
Só nos revela, bela, ela
As duas janelas que se propõe.

Sem outra janela,
Que não desvela, apela
Se abre ou se fecha, só nos repõe:

As duas visões sentinelas,
Que em uma de dentro e de fora emperra,
Mas mesmo abertas ou trancadas, compõem.