Site de Poesias

Menu

Não Adianta Atalhar

 


 
Numa época de imediatismos não é de se estranhar que se busque a paz interior, também pelo caminho mais rápido possível. 
Isto tem sido visto inclusive no que se refere ao relacionamento com Jesus Cristo, que é a fonte de toda verdadeira paz de espírito.
Todavia a Sua paz nunca será achada no atalho, senão no Caminho que é o próprio Cristo, e que é definido objetivamente por Ele como sendo a prática da Sua palavra. 
Ele disse que a construção segura e apta para a paz é aquela que é feita sobre a rocha da citada prática.
Tudo o mais é construir sobre a areia movediça que não é um fundamento adequado para nos manter em segurança e em paz quando a adversidade vem sobre nós. 
Resta então definir qual é a palavra de Cristo que importa ser praticada. 
Não há qualquer dificuldade para identificá-la porque Ele a transmitiu aos seus apóstolos e lhes disse que o Espírito Santo lhes conduziria à lembrança de tudo quanto lhes havia ensinado, como também lhes ensinaria tudo o mais relativo à verdade, que eles não poderiam suportar enquanto estivera com eles.
Dentre estas coisas podemos citar a clara compreensão entre a diferença marcante que há entre a Antiga Aliança do Velho Testamento à qual estavam apegados pela tradição, e a Nova Aliança, feita no Seu sangue derramado por nós na cruz, que substituiria a Antiga. 
Este ensino, foi registrado por escrito (os 27 documentos do Novo Testamento), pela ordenança e inspiração do Espírito Santo, pelos apóstolos e por alguns daqueles que estavam associados a eles em seus ministérios, e foram reunidos aos 39 livros que compunham o Velho Testamento. 
Vale lembrar todavia, que não será na mera leitura destes escritos que acharemos a paz e a salvação porque o próprio Senhor Jesus Cristo afirmou em seu ministério terreno aos fariseus, que eles examinavam as Escrituras, pensando que no somente fazê-lo achariam a salvação de suas almas.
As Escrituras do Velho Testamento testificam de Cristo. Se os fariseus se convertessem de fato a Deus eles teriam seus olhos espirituais abertos para o reconhecimento desta verdade na leitura que faziam das Escrituras.   
Todavia, não é por se ler a Bíblia que somos salvos, mas por irmos a Cristo.
É na comunhão com Ele em espírito, que achamos a salvação e a paz, e que somos capacitados a guardar a sua santa palavra. 

Compartilhar
Silvio Dutra
24/05/2013