Site de Poesias

Menu

ORACULO

 
Antecipar as respostas de uma vida,
Créditos solenes da eficiência da humanidade,
Acertar ou errar são as palavras de uma fidelidade que nos consome diariamente,
Aceitar o inevitável é distrair-se na deriva dos mares,
É perder o socorro das providencias das oportunidades.
 Antecipar...
Clarividência ou telepatia do emocional,
Silencio nas mesas opacas pelas duvidas de uma inverdade.
 Escrever o passado ou deliciar-se do futuro,
Faz partir do Norte e do Sul as paralelas dos sentimentos,
Não há lua sem uma maré enfeitiçada pela liberdade,
E os cruzamentos dos astros e das pessoas envolvem-se em uma nova matéria.
 Despojamento de sabedorias e incertezas,
A humildade de gerações  contemplam um futuro de paixões,
Os dias são mais ditosos quando alcançamos a vida neutra de sentimentos,
Talvez a loucura não passe nas linhas de nossas mãos tão neutras,
Nós podemos enganar a solidez de um relacionamento discreto.  
(Talvez)  
 Antecipar o confronto dos oceanos,
Mar e terra escurecem a labuta de muitos apaixonados,
Há certa ligação quando não queremos falar a verdade,
Mais a saudade é cruel quando os caminhos são secretos,
Nós podemos segregar o amor quando queremos aceitar um remédio...
Mas, demora tanto tal formula.
 Há de estar em algum lugar à cigana de minhas frustações...
Ponderadas palavras dos dias sem esperanças,
Muitos estão fragilizados pela existência de nós mesmos,
Salientam o testemunho de uma virtude do tempo perdido...
Perdoar é sobreviver nas decepções.
(Mesmo que não sejam tuas)
 
As realidades das coisas estão dentro de nós,
Aqui ou em qualquer lugar há de estar uma nova luz,
Poderia ser mais transparente o horizonte sentimental...
Talvez o fim não seja tão distante.
Há sintonias nas decepções e nas esperanças,
É lá onde encontramos as respostas da Razão...
 Com as mãos preparadas para o oficio que desejamos,
A cigana formaliza a delicada profissão do amor,
Nas três partes iguais do destino que estamos sujeitos,
Dilui a minha fragilidade de conhecimento emocional.
 Entrever as possibilidades das tendências e influencias
Redobram a qualidade de nossas sinas poéticas,
Tal estação de informações englobam sorrisos e decepções.
Estar de volta nos pensamentos da rebeldia emocional,
É criar lacunas para as futuras magoas de um altar nunca equilibrado,
Tais anjos caem e dilaceram os caminhos dos que não tem asas...
Como retornar um sentimento se nós estamos moldados ao tempo?
Estar de volta nesta mesa e usufruir de uma sintonia inquieta.
 Antecipar as respostas de uma vida,
É sobreviver no espaço e nas mãos de uma cigana,
Este perigo sagrado é fundamental aos trovadores,
Inquieto, sai em busca de suas fragilidades e desilusões...
Esta é a essência do trovador marcado por linhas tortas.
 Talvez as posições dos astros estivessem incorretas...
No entanto, foi determinado o nosso destino...
Desafetos que perpetuam a sensibilidade,
As pendencias do passado corrompem a própria liberdade,
E nos registros das entrelinhas suplicam uma mudança. 
Antecipar as respostas de uma vida...
É recordar as palavras desta magnifica cigana.
 - E assim sempre estarei em tuas mãos.
 

 

Manhã nublada de Primavera (Baco de Praça)

 
 
Khaled Kavi

Compartilhar
Khaled Kavi
03/04/2013

  • 0 comentários
  • 132 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados