Site de Poesias

Menu

Surpresa!


Morte: ganho ou perda?

Vida: Perda ou ganho?

Por mais que se tenta acertar, se erra.

Por mais que se quer viver, se morre.

E por mais que se prepare para não se surpreender

A morte é sempre surpresa quando se quer viver

 

Não me imagino dizendo um tchau eterno

Tão pouco o caminho do inferno

Sonho com um céu aberto

Um mundo, das coisas fúteis, liberto

 

Estacionada em frente ao cemitério

Observo o cortejo de longe

Pouquíssimas pessoas e um monge

Que fala palavras para trazer refrigério

Palavras que se enterram com o morto no cemitério

 

Não faz sentido a lágrima, mas choro.

É normal, mas sempre imploro

Se viver é o nascer do sol

Então a morte pode ser bela

Se ela for como o anoitecer de lua cheia

Ou o esplendor do céu com estrela

 

Não adianta quão bela seja a morte

Este corpo ama a vida enquanto pode

É em vão o esforço para se acostumar

Pessoas vêm e pessoas vão

Levando-me parte do coração.

É sempre lindo o nascer

Mas o que nasce um dia tem que morrer!

Pena!

 
ASM

 

Compartilhar
Aline Morena
25/03/2013

  • 1 comentário
  • 55 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados