Site de Poesias

Menu

De per si

Não sinta
Não veja 
Não creia
Não tema

Desdém
Do ofício
Do inculto
Do indulto
De per si
 
De onde
Verás
A janela
Por trás
Do horizonte
Além do cais
 
De per si
Da saída
Do momento
Da Gana
Do insulto
Da grana
 
De per si
Cada um por sua vez
Em si mesmo uma ação
De per si...
 

Compartilhar

09/03/2013

  • 0 comentários
  • 87 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados