Site de Poesias

Menu

Existe coisa mais inútil do que um manifesto?


Existe coisa mais inútil do que um manifesto?
 
Extremamente fútil é o grito de alerta!
Aqueles, atentos o suficiente, para dar ouvidos ao alerta, já estão, por conseguinte, cientes do perigo.  Aos alheios, não adianta alertar, pois não ouvem.
 
Eu mesmo tenho escrito muitos desses textos inócuos.  Mas não a pretexto de alertar, de mudar o pensamento ou de criar polêmica.  Escrevo mais por desabafo mesmo.  Mas já parei!
Aqueles capazes de raciocinar e aceitar um argumento lógico, já o fizeram.  Os outros, não vão mesmo dar ouvidos, por mais calcado em bases sólidas que seja o argumento; aqueles capazes da abrir os olhos, já estão de olhos abertos; os demais, morrerão de olhos fechados, não importando quanta luz você queira trazer ao debate.
Que ninguém se espante, mas eu sou crente, com muito orgulho (até ai, nada demais.  O diabo é crente desde que o mundo é mundo!), mas sou cristão...eu só não sou trouxa, nem otário! 
Enquanto Paulo pregava o Evangelho em Beréia, o povo consultava as escrituras para validar a autenticidade da pregação (gente esperta... aprenda com eles quem quiser).
Eu não tive nenhuma revelação  divina (nem acredito nisso), nem recebi a missão de espalhar a verdade.  Verdade aliás, que eu nem sei qual é.  Verdade, na verdade, eu só conheço uma:
 
 "Disse-lhe, pois, Pilatos: Logo tu és rei? Jesus respondeu: Tu dizes que eu sou rei. Eu para isso nasci, e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz."  (João 18 : 37)
 
Eu não sei quem foi que disse que pra ser crente tem que ser idiota e bitolado e acreditar em qualquer baboseira, mas seja quem for, mentiu.
 
De qualquer forma, “cada um com o seu cada um”.
 
Peço perdão a todos pelas minhas idiossincrasias.
Deus abençoe a todos abundantemente em Cristo Jesus.
 

Compartilhar
BRUNO
11/02/2013

  • 9 comentários
  • 284 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados