Site de Poesias

Menu

Nostalgia

De vez em quando pego sorrindo

Das brincadeiras na infância

Sinto um leve estalinho

A saudade de ser criança

 

Quanta vontade de voltar

E ao mesmo tempo de seguir em frente

Buscar os tesouros que deixei pra trás

As coisas que me faziam contente

 

Aí sobrevém o calafrio

de lembrar dos desafios

e ter que abraçar o novo

 

E na incerteza que a vida maquina

A saudade envolve o corpo

De alguém que ainda quer ser menina

ASM

Compartilhar
Aline Morena
06/02/2013

  • 2 comentários
  • 48 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados