Site de Poesias

Menu

A Eternidade de um Adornecer

[Ilustração não carregada]

 Se dormir é deveras o ensaio do morrer, agora mesmo eu queria voltar novamente prá caminha, e para sempre nela adormecer.

Olá!
Acabei de chegar,
Indo e vindo de todo lugar
Sacando tudo da vida que lá fora há!

Não apenas passando pela História.
Com tantas coisas represadas apenas na memória
Mas,intensamente com a massa participando,
Em gigantescas passeatas aonde também carregava
A bandeira pela qual eu amava,
Representando todas as humilhadas famílias brasileiras.

Como em passos em camera lenta,
Por entre a multidão também sigo meu caminho
Porém, com uma visão psico analista e atenta
A quem anda sozinha ao meu lado,
Para uma missão num lugar determinado.

 

Trilha Sonora do Poema:The Angels Voice

http://youtu.be/0Fk8JtiGkck

 

Compartilhar

Messejana - Fortal - Brazil

Patricio Franco
01/02/2013