Site de Poesias

Menu

Tarde Bucólica

[Ilustração não carregada]

Na rua das estrelas a tarde coroavam com seu ramos sombreados

os anciãos sentados nas cadeiras na calçada,

com seus rostos enrugados, e em cada ruga um traço marcado pela bondade.

Os frutos maduros dos pessegueiros mandando no ar uma mensagem

exalando seu perfume em toda a cidade

Pássaros de passos leves pousam nos verdes olivais

matizando a tarde multicores

Na rua das estrelas o cheiro das flores, da terra,do vento e das águas.

Essa é a tarde que sonhei, linda! como os dedos mágicos de Deus.

Cristiane Coradi.

Compartilhar

Agora eu não fujo mais dos espelhos nem das fotos
antes até nelas eu envelhecia...
minha alma aos poucos anda recobrando a alegria.

cris coradi
22/01/2013

  • 6 comentários
  • 126 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados