Site de Poesias

Menu

Interseção dos Desejos

 
Lembranças te acompanham em pensamento
Sonhos desertores da ilusão, um real em cor
Hibridez de essências, misturadas pelo vento
 Solidão que não disfarça uma saudade de amor

Bramir das ondas do teu mar em movimento
Nas ondas que chegam, eu, com fúria e ardor
Nas onda que vão, você, na beleza do evento
Movimento que já lento, elimina a nossa dor
 
Por viagem além- mar, efemeridade do agora
Do espaço abstrato que não escapa quem é real
Gozo noturno em deleite, ofegante e atemporal
 
Surpresa que o silêncio em calor nos fez à hora
Interseção dos desejos pela realidade acidental
Colidindo os corações, em mais um ato fatal   

 

 

Compartilhar
Murilo Celani Servo
21/01/2013