Site de Poesias

Menu

Arcaico ardor, amor e dor...

 
Não vi o amor que dizem-me ter feito...


Não vi a dor sentida por ti, musa!
Nem sei por que razão o olhar me acusa!
Jamais reivindiquei-me ser perfeito...

A ênclise apossa-se e o desfeito
nem é por não temer-te, alma confusa!
E sim por entender que a vida abusa
de quem se esmorece e é imperfeito.

Tu queres me roer além da conta?
Não vês que a dureza é a metade
que mais tem força em mim? Sim é verdade!

Metade frágil é em mim a ponta
dessa delicadeza que desponta
e logo morre... Oh vida em brevidade!

Ronaldo Rhusso


 

Compartilhar

Amor é gozo, ardor, dor
e cor... E tudo de bom!
Amor é beijar no tom,
no dom de ir e de por.
Amor é nunca depor!
Amor não diz e não veta...
Oh! O amor muito inquieta!
Amor é, também, emoção
que se disfarça em razão
em PALAVRAS DO POETA!

Comentário no belo texto
do Papa Jaca, grande
letrista de canções lá
Da Bahia!

RONALDO RHUSSO
09/01/2013

  • 7 comentários
  • 649 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados