Site de Poesias

Menu

Por dentro sou o que quero ser

 Um macaco gingante

Ou um jacaré falante

Não importa a matéria

Sou a minha própria ideia

 

Por mais que a realidade me afronte

Por mais que ela me amedronte

Vou sonhar o mais alto que eu puder

Porque por dentro sou o que eu quiser

 

Eu sou poeta e sou atriz

Sou a mestra e aprendiz

Sou doutora ou artista

Sou cantora ou trapezista

 

Sou tudo o que eu quiser

Sou homem ou mulher

Sou fase ou completa

Sou objeto eu sou a meta

 

Tenho sonho a todo instante

Tenho medo e sou covarde

Já ganhei e já perdi

Em tudo sobrevivi

 

Então, vida,

Não me impeça de sonhar

Não ligo se me estrepar

Vou meter a cara no que puder

E fazer tudo o que eu quiser

 

Pois sendo homem ou mulher

A aceitabilidade é sempre a mesma

Serei amada ou odiada

Quando que fizer a diferença

(A.S.M.)

Compartilhar
Aline Morena
12/11/2012

  • 0 comentários
  • 35 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados