Site de Poesias

Menu

DESPEDIDAS

[Ilustração não carregada]

 

 

 
Ironias que a vida nos prega
Ausências repentinas, definitivas
Lembranças reavivadas em fotos
Saudades dilaceradas, murmuradas
Em frases, buscando ecos distantes
Revivendo momentos passados
No lodo do tempo, inexpugnável, amargo


Como a nos lembrar a cada passo
De tudo dado, retirado, 
Sorrisos e abraços,
Num humor negro, desgastado
Em um palco deserto de uma trama sórdida
Levando afetos, em gestos bruscos
Tiranizando sentimentos, sufocando a alma
Amigos sepultando amigos, lágrimas derramadas...

 

Compartilhar
EDILOY A C FERRARO
30/10/2012