Site de Poesias

Menu

CAIXA FORTE - LIBERDADE

Andei despreocupado com a dor 

Minhas pernas conheciam bem a estrada

Ninguém pode me ver 

Eu voava numa caixa forte

E via a fotografia dos meus amigos

Velhos e cansados sem amor pra dar

Na minha caixa forte meus pés nem doiam

E as armas de voar me faziam feliz

Você me viu

Nú e em uma caixa forte

Feliz por estar dentro do jogo e por perder também

Ninguém mediu a dor que passou por mim

Mas eu venci

Sim, eu venci...

Compartilhar
Josa Medeiros
27/08/2012