Site de Poesias

Menu

“Apenas um trecho”

 
Fui apenas um trecho mortal em tua vida,
a história de um passado retratado de beijos
e amores,
bang-bang de um amor perdido
mergulhado numa angustia sólida.

Adentrei nas profundezas de risos e gritos,
enlouquecido de amores perdidos.
Mas, me emocionei no impulso de um
equivoco sentimento sem limite.

Confesso! Meu bem, queria ama-la para sempre.
Mas fui apenas um trecho de um antigo
romance ardente,
cortado e queimado pelo fogo da desilusão.

Meu corpo picante em chamas mortais
me fez e me tornou na desilusão do amor.

Hoje, sofrido com o coração ferido,
confesso, fui apenas mais um trecho no
continuar do teu caminhar...

POETA SERGIO ESPINDOLA.
REGISTRADO NA BPH.

Compartilhar
Poeta.Sergio Espíndola.BH MG
24/08/2012

  • 0 comentários
  • 112 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados