Site de Poesias

Menu

Procura

Às vezes pensamos em algo que desperta o nosso desejo.

Seja como for, vem, por vezes, rapidamente como um lampejo,

Outras se torna um sonho teimoso e deveras duradouro

O qual nos leva a uma procura obstinada como uma em busca d'ouro.

 

São objetivos que nascem e despertam em nós a ânsia da procura.

Em prol deles varamos com afiadas espadas a "impossibilidade" escura

E acreditamos piamente na iluminação dos ideais com a mais pura luz,

Tendo em vista que tal jornada instiga, anima e seduz.

 

Procuramos por vezes coisas que nem sei descrever, nem sei o quê!

Certo é que sentimentos estão envolvidos nestas buscas e quem crê

Nelas insiste em trilhar tais caminhos até concretizá-las...

 

Às vezes deixamos passar coisas importantes, esquecemos as falas...

Porquê? Bem, é que por vezes levamos a vida inteira e procuramos

E por vezes sequer percebemos que já as encontramos...

 

Compartilhar
Thiago da Silva Carbone
22/08/2012