Site de Poesias

Menu

Meu amor queima

[Ilustração não carregada]


Acredito que o céu sobre você
está pegando fogo
de um escarlate, febril e sofrido
suas roupas úmidas a 40 graus
Estou tão sozinha,
porque você não vem
e refresca sua boca na minha
Há comentários
de que você anda queimado
mal falado e fadado
a chamuscar por long time
da pira que você mesmo ascendeu
Tão sozinha te espero,
venha e tenta o tantra
Você caminha expandindo calor
sem disfarce que apague tua fagulha
logo não vão mais olhar
e distinguir aurora das chamas


Geralmente
sou eu que falo demais
que dou minha cara pra queimar
portanto só posso estar admirada
das tuas bolhas, do teu rosto enegrecido
eu queria alguém assim, cálido
tão sozinha e te querendo
pouco me importa o que falam
sua extenuante tristeza
derramada em meus braços serenos ...
Queimará!

 

Compartilhar

Obgd pelos comentários na minha última poesia, amigos!
Nem todos têm chegado no meu email pra eu agradecer!

"Poesia, por certo, é vadiagem
Ocupações levianas, bobagem
Ao poeta, em versos, seus gemidos..." Ediloy Antonio Carlos Ferraro

Elisa Gasparini
18/08/2012

  • 6 comentários
  • 707 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados