Site de Poesias

Menu

Para meu pai.

[Ilustração não carregada]

 Para meu pai.                             
 
Meu pai foi sempre presente.
Dele guardo boas lembranças,  
de nossas conversas e passeios.
Ele estava sempre contente.
Tardes cheia de recordações,
sorvetes e calda de caramelo.
Supria com amor meus anseios.
Ele foi meu exemplo e modelo.
Sempre bem disposto,
acordava cantarolando,
e contava boas histórias.
Foi  por muitos amado.
Viveu com dignidade,
foi um homem admirado
e cheio de humanidade.
Morreu em um mês de agosto,
e já tinha muita idade.
Eu sinto muita saudade
de seu velho e belo rosto.
Ele me deixou um legado
viver sempre com integridade.
Madalena
Março 2012
 
 

Compartilhar

Para meu amado pai. Ele morreu com 97 anos, em agosto de 2009. Ele faria 100 anos, no dia 4 de março de 2012.

Madalena
11/08/2012

  • 6 comentários
  • 201 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados