Site de Poesias

Menu

O POETA

 

O POETA

 

 

O poeta é um pouco melancólico 

e lembra uma noite sem luar. 

Alheio, observa a vida calado.     

Tímido, sonha, voa e navega. 

Os seus olhos revelam mistérios,

 

 

O poeta nos dias tristonhos 

rascunha no papel as metáforas,                      

deixa ali versos e sentimentos.

Algumas palavras se perdem 

voam igual uma pipa ao vento 

outras brilham na sua mente 

elas si rompem entre seus dedos 

 

e explodem semelhante aos torpedos. 

 

 

 

 
 
 
Madalena
Julho 2012.

Compartilhar

Dedico esta poesia, a todos os poetas. Com afeto : Madalena

Madalena
08/08/2012