Site de Poesias

Menu

Sem palavras, só posso aplaudir!

[Ilustração não carregada]

Se lembra Deus daquela paixão desenfreada
que me sacudia e me reciclava a cada instante
se lembra de tanta descoberta
por uma coisa que parecia tão simples
a simples arte das histórias humanas
das tensas relações e enigmáticos destinos
a música de fundo, e as cores implodindo
Se lembra Deus de que eu andava por aí, flutuando
curtindo cada excitação da minh'alma ao extremo
o mundo passava por mim e eu só enxergava um fragmento
relicário onde depositei meu coração
magia que me tocou e me deixou flutuando
e mesmo nos lugares mais sombrios do meu dia-a-dia
eu só vivia naquele lugar de doce encanto
Sou grata ao criador de todo DOM
A todo artista que cria encantos e paixões
eu só posso deixar meu agradecimento e meus votos
de encontrar aquilo que também o faça
apenas
unicamente
levitar

Compartilhar

Obrigada por me ler!
Aos q não me conhecem, prazer, sou Elisa, escritora!
Quer tomar um café comigo? Será na Bienal, qdo vamos prestigiar nosso colega tb do site.
Depois coloco o dia, hora e ponto exato.

Elisa Gasparini
06/08/2012