SONHO

 
 
Sonhei esta noite ser beijado,
Por um amor perdido do passado.
Beijo tão quente e apaixonado,
Que nem parecia ser sonhado!
 
Seu corpo quente encostado...
No meu. Cada curva do amado,
Corpo que me teve tanto cativado,
De um desejo nunca antes saciado!
 
E o beijo de amor, beijo molhado,
E o nosso abraçar  tão apertado...
Pareciam no sonho ter realizado,
 
O clímax do amor que não vivi!
O sonho e o sono findos, acordado...
Lamentei a paixão que eu perdi!
Pedro Paulo da Gama Bentes
 
 
 

 

Pedro Paulo da Gama Bentes
© Todos os direitos reservados